Agência De Marketing Nas Redes Sociais : Publicidade Na

23 Feb 2019 15:02
Tags

Back to list of posts

<h1>Ag&ecirc;ncia De Marketing Nas Redes Sociais : Publicidade Na Web</h1>

<p>No setor de rede social moderno, uma corpora&ccedil;&atilde;o tem fundamentalmente duas op&ccedil;&otilde;es: ou morre jovem ou sobrevive por tempo bastante pra se transformar no Facebook. A Snap, controladora do Snapchat, parece estar seguindo o segundo caminho. Ap&oacute;s publicar resultados decepcionantes pela semana passada, o que causou queda de mais de 20% em suas a&ccedil;&otilde;es, a Snap revelou uma modifica&ccedil;&atilde;o radical de estrat&eacute;gia que parecia apontar mais que uma pontinha de inveja do Facebook.</p>

<p>Em uma tentativa de incentivar o progresso de sua base de usu&aacute;rios, Evan Spiegel, o presidente-executivo da Snap, divulgou que o Snapchat seria redesenhado, pra torn&aacute;-lo menos dif&iacute;cil de utilizar. A Snap reformulou seu m&eacute;todo para compra de publicidade, igualmente, resultando-o mais semelhante com o do Facebook, que permite compra de an&uacute;ncios por um sistema automatizado.</p>

<p>E sinalizou na semana passada que desejava aumentar sua presen&ccedil;a nos pa&iacute;ses em desenvolvimento, nos quais o Facebook &eacute; dominante. S&oacute; cerca de 25% dos usu&aacute;rios ativos do Snapchat vivem fora da Am&eacute;rica do Norte e Europa, ante mais de 65% no caso do Facebook. &Eacute; dif&iacute;cil culpar a Snap, que se recusou a falar para esta coluna, por acompanhar os passos do Facebook. Tal o Facebook quanto o Instagram, controlado por ele, v&ecirc;m copiando o Snapchat h&aacute; anos, em um esfor&ccedil;o por tir&aacute;-lo do mercado, e talvez estejam conseguindo.</p>

<ul>
<li>Leia estudos de caso</li>
<li>Apresenta&ccedil;&atilde;o corporal</li>
<li>Pesquise palavras chave</li>
<li>2 - Quem vai cuidar dos canais</li>
<li>A comunica&ccedil;&atilde;o visual ser&aacute; a melhor forma de anunciar zoom_out_map</li>
</ul>

Social-Media-Strategy.jpg

<p>O Instagram Stories, um quase clone do recurso mais peculiar do Snapchat, neste momento conta com 300 milh&otilde;es de usu&aacute;rios ativos a cada dia, total quase duas vezes mais grande que o do Snapchat. Os enormes lucros do Facebook geraram expectativas ambiciosas entre os investidores em algumas corpora&ccedil;&otilde;es de rede social, e seus mais de dois bilh&otilde;es de usu&aacute;rios exercem com que tudo mais pare&ccedil;a pequeno em compara&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>No entanto a virada da Snap &eacute; mais que uma decis&atilde;o de neg&oacute;cios necess&aacute;ria. Representa fundamento de inquieta&ccedil;&atilde;o quanto ao panorama atual de nossa m&iacute;dia e um sinal de alerta pra novas startups interessadas em duelar com as grandes companhias de Web jogando de acordo com regras que elas mesmas criem.</p>

<p>Se uma organiza&ccedil;&atilde;o imensamente criativa, com um app usado por 178 milh&otilde;es de pessoas a cada dia, poder&aacute; ser esmagada pelo Resid&ecirc;ncia Urbana Com Tecnologia Social , como &eacute; que algu&eacute;m poder&aacute; sucesso? A Snap conta com v&aacute;rias coisas em seu favor. Continua popular entre os adolescentes dos EUA, que representam o grupo demogr&aacute;fico presumivelmente mais cobi&ccedil;ado do planeta, no campo do marketing. O Snapchat tem mais usu&aacute;rios dos doze aos quatrorze anos de idade, nos Estados unidos, do que o Instagram e o Facebook, de acordo com o eMarketer.</p>

<p>Assim como conseguiu contrariar as tend&ecirc;ncias do Vale do Sil&iacute;cio e adicionar v&aacute;rias ideias de fato inovadoras, por exemplo o conceito de que nem toda a comunica&ccedil;&atilde;o digital tem que ser arquivada permanentemente. Ele N&atilde;o Tem Nome Oficial bem que a Snap esteja no vermelho, boa parcela do preju&iacute;zo deriva de altera&ccedil;&otilde;es que adotou para concorrer com o Facebook. Ainda sendo assim, o fato de que o futuro da Snap seja incerto necessita nos preocupar -mesmo &agrave;s pessoas que nunca usaram seus produtos.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License